A Cidadela Inventada

  • Brochura R$57,90

R$57,90

Em estoque

Compartilhe:


Sinopse

A cidadela inventada, livro de estreia de Pihba Cavalcanti, narra as espantosas e secretíssimas viagens antimateriais do astrônomo, botânico e zoólogo Georg Markgraf van Liebstadt.

 

A cidadela inventada está situada no Brasil, mais precisamente no Recife, Pernambuco, com seus arredores e áreas de influência, e na cidadela vizinha de Maurits-Stadt, nome dado em honra de Johan Maurits van Nassau-Siegen, da Casa de Orange, que chegou a essas terras em missão patrocinada pela WIC, a Companhia Holandesa das Índias Ocidentais.

Foi sob a liderança desse príncipe de origem germânica que, na primeira metade do século XVII, floresceria Recife, a promissora vila portuária da região conquistada numa guerra de invasão empreendida por tropas armadas e financiadas pelos comerciantes dos Países Baixos contra os luso-brasileiros ali estabelecidos.

Na corte do príncipe: artistas, astrônomos, cartógrafos, naturalistas, arquitetos e engenheiros; todos reunidos em torno da premissa de levar aos seus contemporâneos o que de mais inaudito encontrassem nas novas terras.

Com objetivos traçados e até para transcenderem tarefas e projetos oficiais de rotina, alguns desses companheiros de viagem fundam uma confraria, a dos Mensageiros do Futuro, círculo onde se instalam debates apaixonados sobre os mais diversos temas: os rituais mágicos praticados por negros africanos na cidadela chamada Quilombo dos Palmares; as propriedades medicinais das ervas cultivadas pelos povos indígenas; as alterações sensoriais provocadas pelo uso do ópio; um misterioso artefato que denominam simplesmente de machina incognita etc.

Dentre esses cavalheiros das artes e ciências, cujos argumentos e expedições rondavam sempre zonas de crenças bem pouco ortodoxas e filosofias um tanto ousadas para a época, dois personagens emergem como protagonistas: O astrônomo Georg Markgrat, relatando sua formidável habilidade de viajar em estado de antimatéria pelo tempo e espaço ao seu dileto amigo, o cartógrafo Adrian van der Zee, que assume como privilégio a missão única e original de compilar tais relatos para compor o manuscrito que nos é apresentado.

Sobre o autor

Pihba Cavalcanti
Pihba Cavalcanti

Pihba Cavalcanti é pernambucano do Recife. Logo cedo decidiu participar de tudo quanto desse e viesse como oportunidade para expressar formas e conteúdo de suas ideias e visões de mundo. As conexões se deram naturalmente no teatro, na música, no conto e no poema mimeografado, no desenho, na fotografia, no cinema de bitola super 8 e no vídeo, todas estas incursões vividas antes e seguidas com maior ou menor intensidade depois da etapa universitária, já como arquiteto e durante sua passagem como diretor de criação de agência publicitária.

Características

  • ISBN: 978-85-286-1298-1
  • Formato: Brochura
  • Suporte: Texto
  • Altura: 22.5cm
  • Largura: 15.5cm
  • Profundidade: 1.4cm
  • Lançamento: 23-05-2023
  • Páginas: 240